Geral

MG: Mulher trans é morta enquanto tomava cerveja em bar

Crédito: Reprodução

Imagem ilustrativa (Crédito: Reprodução)


A mulher trans Kelly Keyze Rosa da Silva, de 32 anos, foi assassinada enquanto tomava cerveja com um irmão em um bar de Caeté (MG), no domingo (17). De acordo com a Polícia Militar, testemunhas contaram que seis homens saíram do matagal que fica ao lado do estabelecimento e atiraram várias vezes contra a vítima.

Os tiros atingiram pescoço, costas, peito, braços e nádegas da mulher, que morreu no local. Conforme a PM, a motivação do crime seria uma dívida de R$700 relativa a uma compra de celular que a vítima teria realizado com um dos autores.

Durante buscas na região, os agentes foram até uma casa e localizaram dois revólveres utilizados no crime, porções de crack, maconha e uma balança de precisão. Um dos suspeitos do homicídio foi preso no local.

Ainda segundo a PM, o homem confessou o crime e afirmou que a vítima teria o ameaçado de fazer “feitiços” contra ele e sua família caso continuasse com as cobranças. Ele ainda relatou que a vítima também devia dinheiro ao seu comparsa que está fugitivo.

A corporação informou ainda que o suspeito já foi preso por posse de arma de fogo e tráfico de drogas em dezembro do ano passado. Ele foi conduzido para a 4ª Delegacia de plantão de Caeté. A Polícia Civil deve investigar o caso e os agentes continuam fazendo buscas pelos demais suspeitos.

* Com informações do jornal O Tempo