Geral

MG: Homem é preso após atear fogo na namorada durante discussão por R$ 200

Crédito: Reprodução

Imagem ilustrativa (Crédito: Reprodução)


Um homem, de 58 anos, foi preso em flagrante por agredir fisicamente a namorada, 26, e depois atear fogo nela durante uma discussão por causa de R$ 200. A vítima teve 25% do corpo queimado e sobreviveu. O caso ocorreu na quarta-feira (25) em Juiz de Fora, no interior de Minas Gerais. As informações são do O Tempo.

Vizinhos relataram à Polícia Militar (PM) que ouviu a mulher gritando que não havia roubado o dinheiro de namorado. Depois, ela saiu da casa do homem com o corpo em chamas e pedindo por socorro. Então, os moradores acionaram os agentes.

Uma testemunha afirmou que o homem empurrou a namorada para dentro de sua casa e pela janela foi possível ver ela rolando no chão na tentativa de apagar as chamas.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi chamado. Quando entraram na residência, os policiais e os socorristas encontraram a mulher caída no chão do banheiro.

Na sequência, ela foi socorrida, levada para um hospital da região e segue internada em tratamento intensivo. Já o homem, conduzido para uma delegacia.

Em seu depoimento, ele afirmou que a mulher havia furtado R$ 200 de sua carteira e negou as agressões e o desentendimento. O homem ainda disse que a namorada usou drogas e ela ateou fogo no próprio corpo.

Depois, ele mudou um pouco a sua versão e contou que teria dado o dinheiro para a namorada comprar entorpecentes para que eles consumissem juntos.

No entanto, a mulher relatou à Polícia que o homem deu o dinheiro e ela passou a noite fora de casa usando crack com outra pessoa.

Ao retornar à residência, teve início uma discussão.

O caso continua sendo investigado pela Delegacia de Plantão de Juiz de Fora.