Os óbitos registrados no México desde março associados às altas temperaturas subiram para 155, após a notificação de 30 novos casos entre 13 e 18 de junho, informou o governo nesta quinta-feira (20).

Em seu relatório anual sobre o período de calor, iniciado em 17 de março e que se estenderá até 5 de outubro, a Secretaria de Saúde disse ter registrado pelo menos 2.567 casos de danos à saúde provocados pelas “temperaturas naturais extremas”.

yug/axm/dga/mvv/ic