Esportes

Mexicano Sergio Pérez (Racing Point) vence GP de Sakhir, seu primeiro na F1

O mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, venceu seu primeiro Grande Prêmio de F1, neste domingo, no circuito de Sakhir, no Bahrein, à frente do francês Esteban Ocon (Renault), que conquistou seu primeiro pódio.

A terceira posição ficou com o outro piloto da Racing Point, o canadense Lance Stroll, após uma desastrosa corrida para a equipe favorita, a Mercedes, que não pôde contar com seu campeão Lewis Hamilton, por ter testado positivo para covid-19.

‘Checo’ Pérez por enquanto não tem uma vaga garantida na Fórmula 1 na temporada de 2021 e pode ser forçado a deixar a F1 se a Red Bull decidir dispensá-lo.

O piloto mexicano teve que passar da 18ª posição no início da segunda volta até terminar em primeiro na linha de chegada. E vale lembrar que na 4ª curva ele foi prejudicado pelo acidente que causou o abandono do monegasco Charles Leclerc (Ferrari) e do holandês Max Verstappen (Red Bull).

“Estou sem palavras”, disse Perez emocionado, que chorou durante a maior parte da volta da vitória depois da bandeirada.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

“Espero não estar sonhando… Demorou dez anos e não sei o que dizer”, acrescentou ele.

“Depois daquela primeira volta, a corrida tinha acabado para mim – mas eu não desisti. No final, meu ritmo foi bom o suficiente para segurar George”, concluiu.

Sem o heptacampeão Lewis Hamilton, as ‘Flechas Prateadas’ pareciam ter tudo a favor de conquistar uma nova dobradinha, com a substituição do britânico, seu compatriota George Russell, brilhante, à frente de Valtteri Bottas, mas um pit stop duplo mal sucedido a pouco mais de 20 voltas para o fim mudou completamente a dinâmica da corrida.

Isso também foi aproveitado pelo espanhol Carlos Sainz Jr (McLaren) para terminar no pódio, à frente do australiano Daniel Ricciardo (Renault), do tailandês Alexander Albon (Red Bull) e do russo Daniil Kvyat (AlphaTauri).

O brasileiro Pietro Fittipaldi, neto de Emerson fez sua estreia na Fórmula 1 substituindo o francês Romain Grosjean na Haas (que se recupera após o grave acidente de na semana passada no Bahrein). Ele terminou a prova em 17º.

— Classificação geral do Grande Prêmio de Sakhir, 16ª e penúltima prova do Mundial de Fórmula 1, neste domingo no circuito de Sakhir (3.543 km) no Bahrein:

1. Sergio Pérez (MEX/Racing Point-Mercedes) os 307,995 km em 1 h 31:15.114 (velocidade média: 202,513 km/h)

2. Esteban Ocon (FRA/Renault) a 10.518

3. Lance Stroll (CAN/Racing Point-Mercedes) a 11.869

4. Carlos Sainz Jr (ESP/McLaren-Renault) a 12.580

5. Daniel Ricciardo (AUS/Renault) a 13.330

6. Alexander Albon (TAI/Red Bull-Honda) a 13.842

7. Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri-Honda) a 14.534

8. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) a 15.389

9. George Russell (GBR/Mercedes) a 18.556

10. Lando Norris (GBR/McLaren-Renault) a 19.541

11. Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri-Honda) a 20.527

12. Sebastian Vettel (GER/Ferrari) a 22.611

13. Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo Racing-Ferrari) a 24.111

14. Kimi Räikkönen (FIN/Alfa Romeo Racing-Ferrari) a 26.153

15. Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) a 32.370

16. Jack Aitken (GBR/Williams-Mercedes) a 33.674

17. Pietro Fittipaldi (BRA/Haas-Ferrari) a 36.858

Melhor volta da corrida: George Russell (GBR / Mercedes) 0: 55,404 na volta 80 (média: 230,214 km / h)

Abandonos:

Charles Leclerc (MON/Ferrari): acidente na primeira volta

Max Verstappen (HOL/Red Bull-Honda): acidente na primeira volta

Nicholas Latifi (CAN/Williams): problema mecânico 53ª volta

— Mundial de pilotos:

1. Lewis Hamilton (GBR) 332 pts CAMPEÃO

2. Valtteri Bottas (FIN) 205

3. Max Verstappen (HOL) 189

4. Sergio Pérez (MEX) 125

5. Daniel Ricciardo (AUS) 112

6. Charles Leclerc (MON) 98

7. Carlos Sainz Jr (ESP) 97

8. Alexander Albon (TAI) 93

9. Lando Norris (GBR) 87

10. Lance Stroll (CAN) 74

11. Pierre Gasly (FRA) 71

12. Esteban Ocon (FRA) 60

13. Sebastian Vettel (GER) 33

14. Daniil Kvyat (RUS) 32

15. Nico Hülkenberg (GER) 10

16. Kimi Räikkönen (FIN) 4

17. Antonio Giovinazzi (ITA) 4

18. George Russell (GBR) 3

19. Romain Grosjean (FRA) 2

20. Kevin Magnussen (DIN) 1

Mundial de construtores:

1. Mercedes 540 pts CAMPEÃ

2. Red Bull-Honda 282

3. Racing Point-Mercedes 194

4. McLaren-Renault 184

5. Renault 172

6. Ferrari 131

7. AlphaTauri-Honda 103

8. Alfa Romeo Racing-Ferrari 8

9. Haas-Ferrari 3

Obs: a Racing Point foi penalizada em 15 pontos (7,5 pontos por carro) por se inspirar nos freios da Mercedes em 2019 para desenvolver os seus em 2020.

pel/iga/pm/aam

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Veja os lugares inusitados onde famosos já fizeram sexo
+ Como saber se um pisciano está apaixonado por você? Descubra como Peixes reage ao amor!
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago