Esportes

Mesmo após derrota para o Fla, Sylvinho descarta mudança de esquema tático no Corinthians

Treinador acredita que o mais importante é potencializar os jogadores: 'Os atletas são a parte principal'


Sem firmar uma boa sequência de jogos desde a sua chegada ao Corinthians, há pouco mais de dois meses, o técnico Sylvinho descarta modificar o esquema tático do time.

Ainda que constantemente o treinador promova mudanças de peças, o posicionamento do time tem sido o mesmo, iniciando em 4-1-4-1, com uma linha defensiva de quatro jogadores (dois laterais e dois zagueiros), um volante fazendo a saída de bola, com uma segunda linha de quatro atletas à frente (dois meias e dois pontas) e um centroavante, que em alguns momentos foi Luan, como “falso nove” e atualmente é Jô, especialista na grande área.

>> Baixe o app de resultados do LANCE!
>> Confira a tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

Sylvinho - Coletiva - Corinthians x Atlético-MG

Sylvinho está com dificuldades para tornar Corinthians regular (Foto: Reprodução/Corinthians TV)

No entanto, para o comandante corintiano, o seu time, durante as partidas, apresenta variação tática. Além disso, ele reforça que mais importante que o sistema é o desempenho dos jogadores em campo.

– O sistema não é a parte principal, os atletas são a parte principal, a gente pode utilizá-los no 4-3-3, no 4-2-3-1, um dos nossos meio-campistas é quem vai fazer a primeira pressão, a gente às vezes marca no 4-4-2, não é sistema não, nós tivemos jogos mais equilibrados em casa, contra adversários qualificados também, e estivemos muito mais próximos de um empate e de uma vitória inclusive, mas no dia de hoje, não, a situação não é sistema, e a troca de sistema em duas ou três semanas abertas não, no futebol não se treina para trocar sistema, você troca de acordo com o que a comissão e o treinador entendem, o que pode potencializar os atletas, os jogadores, e nosso caso nós entendemos que tem funcionado – disse o técnico em entrevista coletiva virtual realizada após a derrota por 3 a 1 para o Flamengo, no último domingo (1º), na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Desde a chegada de Sylvinho, os principais problemas do Timão são ofensivos. Em 16 partidas, foram apenas 12 gols marcados, uma média de 0,75 por jogo. Para o treinador corintiano, a atividade do time do meio-campo para frente passa pela profundidade da equipe e as opções de ataque que ela possui.

– A profundidade do nosso time sempre quem deu foi o Gustavo, recentemente o Adson tem dado um pouco mais de profundidade, hoje menos, foi muito bem marcado, e os nossos meio-campistas, entrando em infiltração em uma segunda linha. O Jô é um atleta mais de retenção, de posse de bola, de abrir espaços. O atleta mais agudo que nós temos como atacante talvez seria o Felipe, uma outra possibilidade seria o Léo Natel, que já jogou assim, com mais profundidade. O Jô tem feito essa função e a profundidade tem sido dada pelo Gustavo, pelo Adson e pelos meio-campistas, como nós dissemos. Não dá para mudar a característica do jogador, mas podemos mudar o time sim, e quando necessário nós mudamos, mas a nossa profundidade não é por dentro, e sim por fora.

Contudo, diante do Fla, o Time do Povo também demonstrou erros defensivos, que custaram em três gols sofridos ainda no primeiro tempo. Até o duelo contra o Rubro-Negro, o Corinthians tinha a segunda melhor defesa do Brasileirão, agora o Alvinegro tem apenas a quinta, ao lado de Grêmio e Juventude.

– Até outro dia nossa defesa sofria poucos gols e continua sofrendo, hoje fugiu à regra, mas a situação não é de sistema, nós entendemos que o caminho é esse, estamos construindo e entendemos que temos que melhorar também – afirmou Sylvinho.



Focado apenas no Campeonato Brasileiro, o Timão tem possuído os meios de semana livre para treinamentos, desde a retomada da Libertadores e Copa do Brasil.

O próximo compromisso corintiano será no domingo (8), às 16h, contra o Santos, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada do Brasileirão. Enquanto isso, o adversário do fim de semana terá uma partida na quinta-feira (5), às 19h15, contra a Juazeirense-BA, no Nordeste brasileiro, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio