Esportes

Mercedes vê ‘boa vantagem’ e diz que Verstappen ‘precisa ir para cima’ na corrida


O encerramento do treino oficial de classificação neste sábado, que definiu o grid de largada para o GP da Arábia Saudita, a penúltima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1, parecia com seu resultado encaminhado. Lewis Hamilton era o primeiro, seguido por Valtteri Bottas, mas Max Verstappen estava na pista e tomava a pole do britânico com o tempo que fazia naquele momento. No entanto, o holandês bateu na entrada para a última curva, o que fez com que a primeira fila caísse no colo da escuderia alemã. E o chefe da equipe, Toto Wolff, celebrou a virada no último instante.

“A Fórmula 1 é maluca e cheia de surpresas. Eles têm um conjunto muito dominante. O carro deles é ótimo e eles colocaram os pneus na temperatura certa em uma única volta, enquanto nós tivemos problemas para fazer isso”, revelou. “Ele (Verstappen) estava 0s5 mais rápido e basicamente espalhou na última curva, e terminamos com um 1-2, o que é uma grande vantagem amanhã (domingo), mas é louco”, ressaltou.

O austríaco ainda ressaltou a importância de a Mercedes conseguir repetir na corrida o desempenho que teve neste sábado, já que em ritmo de prova, é esperada uma ligeira vantagem da equipe alemã – de acordo com as simulações feitas nos treinos livres.

“Eu só espero que a gente consiga levar isso para amanhã (domingo)”, torceu. “Acho que eles estavam focados em uma volta lançada, e por isso botaram os pneus na janela (de temperatura) rapidamente, e nós temos aquela pequena vantagem. Quem sabe?”, questionou.

O chefe da Mercedes ainda comentou sobre a tensão acumulada entre a equipe e a Red Bull fora das pistas, com mais uma possibilidade de recurso por parte dos taurinos. Neste sábado, Hamilton foi investigado por supostamente ignorar bandeiras amarelas e atrapalhar outros pilotos. “Todos lutam dentro e fora das pistas. Então, eu não sei quais possibilidades eles têm e o que os comissários têm a dizer. Mas eles podem lutar”, resumiu.

Por fim, Toto ressaltou a imprevisibilidade da temporada na Fórmula 1, mas destacou a dificuldade que Verstappen terá para alcançar a vitória. Para o chefe da Mercedes, o holandês deve atacar logo na primeira curva, buscando uma ultrapassagem cedo na corrida.

“Nós esperávamos ser mais fortes e temos um carro rápido”, comentou. “Curvas rápidas são boas para nós. Essa temporada tem sido cheia de surpresas. Ele (Verstappen) precisa ir para cima, e se continuar em terceiro depois da primeira curva será uma grande desvantagem, mas precisa passar por Valtteri (Bottas) e Lewis (Hamilton). E nós vamos para a briga”, destacou.


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua