Geral

Menino de 13 anos é condenado por liderar grupo neonazista no Reino Unido

Crédito: Divulgação

Caderno de Paul Dunleavy, um dos jovens recrutados pelo jovem terrorista (Crédito: Divulgação)


Um garoto de 13 anos de idade foi condenado nesta segunda-feira (8), acusado de liderar o grupo neonazista FKD (Divisão de Guerra de Fogo, em tradução livre) no Reino Unido de outubro de 2018 até julho de 2019. As informações são do UOL.

O menino é considerado o “terrorista mais jovem da Inglaterra” e admitiu para os policiais a responsabilidade de 12 crimes, como instruções de como fazer bombas e dicas para realizar combates com facas. O juiz Mark Dennis determinou que o garoto cumpra uma ordem de reabilitação por 2 anos.

A polícia invadiu a casa do terrorista em julho de 2019 após receber denúncias de que ele tentava construir uma arma e de ter um pôster onde ameaçava explodir o parlamento de Londres.

Veja também
+ Joice Hasselmann aparece com fraturas e diz acreditar ter sido vítima de ‘atentado’
+ Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago