Mundo

Menina autista de 9 anos é algemada pela polícia durante crise em escola

Crédito: Reprodução

Uma menina de 9 anos foi algemada pela polícia após um colapso dentro da escola em que estuda em Sidney, na Austrália. Makayla tem autismo, ansiedade, transtorno desafiador de oposição, síndrome de Tourette e também transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH).

Conforme a mãe da criança, Megan, essa combinação de distúrbios pode fazer com que a garota tenha colapsos incontroláveis ​​e, às vezes, violentos. Após ser algemada pela polícia, a menina foi fortemente sedada e levada a um hospital.

“Eu só quero ser uma família normal. Eu quero deixar a mamãe orgulhosa”, desabafou Makayla ao canal de televisão australiano 9News.

De acordo com a mãe da menina, a filha precisa de mais ajuda especializada e lamentou que o governo lide desta forma com a saúde mental das pessoas que precisam de ajuda.

No entanto, ela enfatizou que não culpa a polícia, profissionais de saúde, cuidadores, escola ou equipe de emergência que atenderam o incidente. Para Megan, o sistema está falhando em fornecer intervenções especializadas, tratamento e apoio para crianças como Makayla.

“Estamos apenas sendo bloqueados em todos os lugares que vamos”, disse a mãe da menina. Após a repercussão do caso, o ministro da saúde australiano, Brad Hazzard, informou ao 9news que entrará em contato com a família de Makayla para “tentar descobrir o que aconteceu”.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel