Melhor time do Campeonato Paulista? Analisando dados do FootStats, o São Paulo é o time com mais finalizações a favor (120 no total) e com menos finalizações contra (41 apenas). As estatísticas superam até mesmo grandes rivais.

Com seis jogos disputados até o momento, sendo três vitórias, dois empates e somente uma derrota (contra o Corinthians), como dito anteriormente, de todas as equipes que disputam o Paulistão, o Tricolor é o time que mais finalizou. Ao todo, foram 43 finalizações corretas e 77 erradas. Se pautar por uma média, são cerca de 20 finalizações por jogo. No ranking, atrás do São Paulo está o Palmeiras – rival do Tricolor paulista nas duas últimas finais do estadual.

ATUAÇÕES: Alan Franco marca e garante vitória do São Paulo nos acréscimos

Veja tabela do Campeonato Paulista e simule os próximos jogos

O clube alviverde soma 96 finalizações, 24 a menos que o Tricolor. Destas, 36 certas e 60 erradas. Outros adversários fortes, como Corinthians e Santos, também estão bem atrás no ranking. O Timão soma 68 finalizações no total. O Peixe é o último no ranking, com 60 finalizações – exatamente a metade dos chutes do São Paulo.

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

Este número relacionado ao Santos é importante ser analisado, tendo em vista que as duas equipes se encontram ainda nesta semana, no domingo (12), no estádio do Morumbi. Este será o quarto clássico do São Paulo no ano.

Veja as movimentações do São Paulo no mercado da bola

Entretanto, um dos grandes destaques do São Paulo neste começo de temporada é o setor defensivo. O ano começou com Arboleda e Ferraresi como titulares na zaga tricolor. Os dois estrangeiros foram grandes destaques nas primeiras partidas disputadas.

Com a lesão do venezuelano e os quadros de tendinite do equatoriano, Rogério Ceni teve que promover algumas mudanças no setor. Neste contexto, a Cria de Cotia Beraldo e o reforço Alan Franco começaram a ganhar espaço, também com atuações elogiadas.

Ainda de acordo com o FootStats, o São Paulo é o time com menos finalizações contra. No total, foram 41 sofridas (13 certas e 28 erradas). Em uma média, o Tricolor foi ameaçado 6,8 vezes por jogo, ou melhor, arredondando, 7 vezes por partida. Se comparar com a média de finalizações a favor, o São Paulo ataca praticamente três vezes mais do que é atacado.

E de fato, a ofensividade do clube do Morumbi é algo que tem sido destaque de várias discussões fomentadas por Rogério Ceni nas coletivas de imprensa mais recentes. Após a vitória contra o Santo André, no último domingo (5), o treinador reconheceu que o Tricolor ainda não está em níveis de rivais como Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG, mas acredita que, com o elenco atual, tem chance de alcançar.

– A situação vem melhorando. O clube se esforçou bastante para trazer jogadores, foi um equilíbrio bom com entradas e saídas, trocamos a maneira de jogar, as peças, o jeito. O clube diminuiu sua dívida, esperamos fazer um time competitivo. Ser que nem os grandes times nas principais competições, esperamos um time que consiga tudo isso. Talvez não a gente não tenha o mesmo entrosamento que o Palmeiras, o mesmo refino do Flamengo, ou a capacidade de contratação do Atlético-MG, mas espero que a gente consistente contra estes adversários. Eles continuam na frente. Estou contente de trabalhar com o elenco de hoje, estou feliz – explicou o treinador.

Nesta quarta-feira (8), o São Paulo encontra o Red Bull Bragantino, no Nabizão. No domingo (12), como dito anteriormente, encara o Santos em mais um clássico. Em estatísticas, o adversário de Bragança está em quarto lugar do ranking de time com mais finalizações (88 no total) e em terceiro no ranking de equipe com menos finalizações contra (65 no total). De toda forma, é uma diferença significativa ao comparar com os números do Tricolor.



Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias