Mundo

Melania Trump é acusada de plagiar Michelle Obama

NOVA YORK, 08 MAI (ANSA) – Pela segunda vez, a primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, foi acusada de plagiar Michelle Obama.   

Sua campanha contra o cyberbullying, lançada na última segunda-feira (7), é semelhante a uma iniciativa da administração anterior, segundo alguns veículos locais.   

A cartilha da iniciativa, cujo título é “Talking With Kids About Being Online” (“Conversando com as crianças sobre estar online”, em tradução livre), é praticamente uma cópia de “Chatting With Kids About Being Online”, folheto distribuído em 2014 pela Comissão Federativa de Comércio (FTC), entidade governamental que se ocupa da proteção dos consumidores.   

Além disso, enquanto Melania usou o slogan “Be Best”, Michelle falou em “Be Better”, ao dar uma entrevista sobre feminismo à apresentadora Oprah Winfrey, em 2016. Quando o presidente Donald Trump venceu a corrida presidencial dos EUA, em 2016, sua esposa também foi acusada de copiar um discurso de Michelle. (ANSA)