Cultura

Mel Maia recebe críticas sobre seu corpo e é defendida por Alice Wegmann

A atriz Mel Maia, de apenas 13 anos, foi criticada por seguidores no Instagram após postar uma foto de biquíni. Enquanto alguns diziam que ela estava se expondo demais, outros começaram a criticá-la por ter supostamente usado Photoshop na foto. Uma pequena parcela de seguidores ainda criticou o corpo da atriz.

Mel postou um vídeo logo em seguida tentando acabar com as críticas e seguidores começaram a defendê-la, dizendo que ela não precisava provar nada a ninguém. A também atriz Alice Wegmann, que teve problemas com distúrbios alimentares e aceitação do seu próprio corpo, engrossou o coro daqueles que defenderam a atriz.

“Mel, você é linda. Saiba disso, antes de tudo. Depois, saiba também que se tiver celulites, dobrinhas, marquinhas ou o que for: você é tão linda quanto”, escreveu Alice. “Não precisa provar nada a ninguém, flor. O corpo bonito é aquele que tem uma alma bonita habitando ali. E você é dessas. Talentosa, forte, vibrante, e muito maior. Deixa os comentários de lado e vai dar seu mergulho no mar. Um cheiro”, finalizou Alice em seu comentário.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Júpiter e Saturno vão se alinhar pela primeira vez desde a Idade Média
+ Black Friday: veja as dicas para não ser enganado
+ Vídeos íntimos de Raissa Barbosa vazam em sites de conteúdo adulto
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel