Esportes

Meia do Atlético-GO admite simulação de pênalti: ‘Eu cavei, mas infelizmente ele olhou no VAR’

Janderson surpreendeu com sinceridade após tentar ludibriar o árbitro em partida contra o Internacional, pelas oitavas da Copa do Brasil

Meia do Atlético-GO admite simulação de pênalti: ‘Eu cavei, mas infelizmente ele olhou no VAR’

O meia Janderson, que defende o Atlético-GO emprestado pelo Corinthians, surpreendeu ao admitir que tentou cavar um pênalti em partida contra o Internacional, pelas oitavas da Copa do Brasil. O árbitro da partida, Marcelo de Lima Henrique, analisou o lance no VAR e não confirmou a penalidade.

Questionado no intervalo pela transmissão do canal ‘Premiere’, o jogador afirmou que tentou cavar, porém, ‘infelizmente’, o árbitro usou o VAR para não dar o pênalti. Lembrando que as partidas da Copa do Brasil passam a ter auxilio do árbitro de vídeo à partir das oitavas de final.

– Eu cavei ali… mas infelizmente ele olhou no VAR ali e não deu – lamentou, antes de falar sobre o desempenho da equipe no primeiro tempo.

Na internet, muitos torcedores tiraram sarro da situação, enquanto outros mostraram indignação pela tentativa de usar o ‘jeitinho brasileiro’.

– Infelizmente essa é a cultura do brasileiro, cara tentou ludibriar o árbitro. Esse tipo de comportamento deveria ser punido mais severamente – afirmou um internauta.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel