Esportes

Medvedev consegue virada incrível contra Auger-Aliassime e está nas semifinais

O russo Daniil Medvedev, número dois do ranking mundial, precisou salvar um match point no quarto set e venceu o canadense Felix Auger-Aliassime (9º) por 3-2, com parciais de 6-7 (4/7), 3-6, 7-6 (7/2), 7-5 e 6-4, em uma batalha de 4 horas e 42 minutos pelas quartas de final do Aberto da Austrália.

Nas semifinais, Medvedev enfrentará na sexta-feira o grego Stefanos Tsitsipas, número quatro do ranking ATP, que na primeira partida do dia superou o italiano Jannik Sinner (10º) com facilidade (6-3, 6-4 e 6-2).


A outra semifinal será disputada entre o espanhol Rafael Nadal e o italiano Matteo Berrettini.

Medvedev, vice-campeão do Aberto da Austrália em 2021, virou o principal cabeça de chave do torneio após a expulsão do sérvio Novak Djokovic (número um e atual campeão) antes do início da competição por não estar vacinado contra a covid-19.

O russo, campeão do Aberto dos Estados Unidos no ano passado, pode se tornar o primeiro tenista da era aberta (desde 1968) a vencer de maneira consecutiva dos dois primeiros títulos de Grand Slam.

“Eu estava dois sets abaixo, com ele jogando incrivelmente bem… Ele estava em todos os lados e eu não apresentava meu melhor tênis. Então me perguntei o que Novak (Djokovic) faria. E decidi fazer com que ele trabalhasse. Se ele queria ganhar a partida, teria que buscar, ponto a ponto”, declarou Medvedev ao comentar sua reação.

Para os torcedores, a partida foi repleta de emoções, com a entrega total dos atletas.

No quinto set, com 5-4 e saque para fechar a partida, Medvedev teve que salvar dois break points, o que demonstra o grande nível de Auger-Aliassime na partida.

Um momento estabeleceu um antes e depois na partida: quando o teto retrátil da quadra Rod Laver foi fechado devido à chuva, quando a partida estava no ‘tie-break’ do terceiro set (2-1 para Medvedev no momento).

“Eu suava tanto que não conseguia segurar a raquete no saque. Quando o teto foi fechado, passou a fazer menos calor. Senti que a partida mudou de lado”, admitiu o russo.

No quarto set, Medvedev teve que salvar um match point, um momento limite que o número dois do mundo conseguiu superar.

ig/hpa/dr/fp





Tópicos

ATP AUS GRE RUS tênis WTA