Esportes

Medina volta a exaltar Filipe Toledo e reflete sobre o caminho até o tri: ‘Fez sentido’

Crédito: WSL

Primeiro brasileiro a se tornar tricampeão mundial de surfe, Gabriel Medina revelou que refletiu bastante sobre o caminho percorrido até a sua conquista pela terceira vez do circuito mundial.

“Ufa, agora da pra respirar um pouco. Quero agradecer a todos pela torcida, mensagens e carinho. Sem acreditar no que aconteceu ainda… Sentimento de trabalho feito e um alívio gigante. Sonho realizado. É muito bom poder sonhar com objetivo e claro, concluir ele”, avaliou o surfista de Maresias, no litoral norte de São Paulo.


Além do tricampeonato, Medina fez questão de exaltar seu adversário no WSL Finals, o também brasileiro Filipe Toledo. Gabriel disse que o título do surfista de Ubatuba ainda vai chegar e no palco da finalíssima, em Trestles, Toledo é o surfista a ser batido.

“Final com Filipe Toledo foi incrível, pra mim ali em Trestles ele é o cara a ser batido. Respeito e sempre respeitei dentro e fora d’água. Ele é um dos caras que me tira da zona de conforto e faz eu tirar meu melhor. E como falei pra ele na agua, ‘Seu dia vai chegar.’ Tenho certeza disso”, exaltou o tricampeão.

Em meio aos problemas particulares com sua família e o revés nos Jogos de Tóquio, que deixaram Gabriel fora da esperada final olímpica, o surfista refletiu e considerou que após a conquista suas questões “foram respondidas”.

“A vida é muito louca, as vezes é difícil de entender certas coisas que vão acontecendo. Mas eu acredito que tudo tem um porque. E ontem foi um dia que muitas das minhas perguntas na minha cabeça foram respondidas e fez sentido. É o processo. Vivendo, aprendendo e evoluindo. Tem sido divertido essa caminhada.”, concluiu.

Instagram will load in the frontend.