Geral

Médicos relatam pressão e assédio para usar ‘Kit Covid’ de Bolsonaro

Crédito: AFP/Arquivos

Médicos de Goiânia, em Goiás, que estão à frente do combate da Covid-19 do hospital da rede Hapvida, afirmaram que estão sendo assediados para usar o Kit Covid do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O Kit Covid conta com oito remédios, entre eles, a Cloroquina, medicamento constantemente indicado pelo chefe de executivo.

Como comprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a Cloroquina não faz efeito no combate ao novo coronavírus.

Médicos da rede Hapvida relataram que o funcionário que se recusa a utilizar o Kit Covid é chamado atenção e até demitido em alguns casos. O doutor ainda é constrangido na frente de outros colegas.

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS