Geral

Médicos relatam pressão e assédio para usar ‘Kit Covid’ de Bolsonaro

Crédito: AFP/Arquivos

Médicos de Goiânia, em Goiás, que estão à frente do combate da Covid-19 do hospital da rede Hapvida, afirmaram que estão sendo assediados para usar o Kit Covid do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O Kit Covid conta com oito remédios, entre eles, a Cloroquina, medicamento constantemente indicado pelo chefe de executivo.

Como comprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a Cloroquina não faz efeito no combate ao novo coronavírus.

Médicos da rede Hapvida relataram que o funcionário que se recusa a utilizar o Kit Covid é chamado atenção e até demitido em alguns casos. O doutor ainda é constrangido na frente de outros colegas.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio