Geral

Médicos e cientistas protocolam pedido de impeachment de Bolsonaro

Crédito: AFP/Arquivos

Oito profissionais de saúde, como médicos e cientistas, protocolaram um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro.  Dentre os signatários do pedido, está o ex-ministro da Saúde,  José Gomes Temporão, e o ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Gonzalo Vecina Neto. As informações são do G1.

O grupo acusa o presidente de cometer crime de responsabilidade na condução da pandemia da Covid-19. Para  fundamentar o pedido, os médicos e cientistas utilizaram diversas declarações públicas e atitudes de Bolsonaro que minimizaram os efeitos da doença.

“O Sr. Jair Messias Bolsonaro insistiu em arrastar a credibilidade da Presidência da República (e, consequentemente, do Brasil) a um precipício negacionista que implicou (e vem implicando) perda de vidas e prejuízos incomensuráveis, da saúde à economia”, diz o documento.

Já foram protocolados mais de 60 pedidos de impeachment. A abertura do processo depende da aprovação do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), aliado de Bolsonaro.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS