Mundo

Medico italiano é investigado por vacinar amigos ilegalmente

PAOLA, 14 JAN (ANSA) – Um médico da Agência Sanitária Provincial (ASP) de Cosenza, na Itália, é investigado pela promotoria de Paola, na região da Calábria, por ter administrado ilegalmente doses da vacina contra o novo coronavírus em amigos.   

As autoridades locais também apuram se o médico realizou ilegalmente para pessoas próximas exames de Covid-19 nas estruturas em que trabalha.   

O suspeito, que é diretor médico do hospital Spoke de Cetraro-Paola, é investigado pela polícia por fraude, falsificação de documentos públicos e peculato envolvendo medicamentos e outros dispositivos médicos hospitalares.   

O homem, segundo os investigadores, já pegou um gancho de 12 meses do trabalho por utilizar para fins pessoais a viatura de serviço. (ANSA).   


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Modelo e atriz italiana paga promessa e posta foto ‘só de máscara’ após vitória da Lazio
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel