Comportamento

Médico é acusado de abusar de 95 crianças na Áustria

Médico é acusado de abusar de 95 crianças na Áustria

(Arquivo) Hospital de Viena, Áustria, em junho 2018. A identidade do médico e o lugar onde ele exercia sua profissão não foram revelados para preservar a dignidade das vítimas - AFP/Arquivos

Um médico do norte da Áustria foi acusado de abusar sexualmente de pelo menos 95 pacientes menores, informou a promotoria de Wels nesta terça-feira, após meses de investigação.

O especialista disse a suas vítimas, todos meninos e muitos deles com menos de 14 anos, que essas práticas faziam parte do tratamento médico, o que permitiu a ele continuar com seu procedimento desde 2000, sem ser denunciado, explicou a promotoria.

Uma das crianças finalmente registrou a queixa que levou à prisão do médico em janeiro, após a qual houve uma enxurrada de testemunhos.

Atualmente, foram identificadas 95 supostas vítimas.

A identidade do médico e o lugar onde ele exercia sua profissão – de acordo com a imprensa, uma pequena cidade na província – não foram revelados para preservar a dignidade das vítimas.

O médico, que será julgado nos próximos meses, poderá ser condenado a 15 anos de prisão.