Esportes

Médico de Maradona presta depoimento no Ministério Público

Crédito: Reprodução

Maradona e seu médico (Crédito: Reprodução)

SÃO PAULO, 30 NOV (ANSA) – O médico do ex-craque Diego Maradona, Leopoldo Luque, compareceu nesta segunda-feira (30) no Ministério Público (MP) de San Isidro, na Argentina, para prestar seu depoimento sobre a morte do ex-jogador.

A casa e o consultório de Luque foram alvos de uma operação de busca e apreensão ordenada pelo MP da cidade de San Isidro, que fica na província da capital Buenos Aires. Além disso, o profissional vem sendo investigado por homicídio culposo, ou seja, quando não há intenção de matar.

Luque, que chegou na sede do MP acompanhado pelo seu advogado Julio Rivas, disse aos jornalistas presentes que estava “muito calmo e confiante”.

Rivas afirmou que seu cliente responderá todas as perguntas dos quatro promotores e que seu testemunho foi realizado “espontaneamente”.

“Ele era amigo do Maradona, às vezes era médico e o Diego, por causa da amizade, confiava nele. Quem estava perto do Maradona sabe o que aconteceu e qual foi a atividade do Luque”, afirmou Rivas.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

O advogado também comentou que Luque não chefiava nenhuma equipe médica e nem participou da decisão de internar Maradona em sua casa na cidade de Tigre, onde o ex-craque faleceu.

Matías Morla, advogado de Maradona, publicou em suas redes sociais uma mensagem de apoio a Luque.

“Eu entendo e compartilho o trabalho da promotoria, mas só eu sei, o que Luque fez pela saúde do Diego, como cuidou dele, o acompanhou e como ele o amou. Maradona te amava e, como amigo, não te vou deixar sozinho. Você deixou sangue, suor e lágrimas.

A verdade sempre triunfa”, escreveu Morla.

Queda de Maradona Rodolfo Baqué, advogado de uma das enfermeiras de Maradona, revelou que o ex-atleta caiu e bateu a cabeça uma semana antes de morrer.

Em seu depoimento, Baqué afirmou que Maradona bateu o lado direito da cabeça, o oposto do local da operação que precisou passar. Ele ainda citou que ninguém chamou a clínica e disse acreditar que foi uma decisão do próprio ex-atleta. (ANSA).

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel