Esportes

Mecânico da McLaren se cura do novo coronavírus

Um dos três mecânicos da McLaren que contraíram o novo coronavírus na Austrália se curou, anunciou a equipe britânica da Fórmula 1 nesta quarta-feira.

“O primeiro membro da equipe que testou positivo não tem mais sintomas”, explicou a equipe em um comunicado.

A McLaren também anunciou que outros sete membros de sua equipe, que foram submetidos ao teste de coronavírus durante a quarentena em andamento da equipe em Melbourne, não estão infectados com Covid-19 e estão “bem e bem humorados” e serão liberados para retornar ao Reino Unido na próxima semana.

Após o anúncio desses testes positivos em sua equipe, a escuderia britânica decidiu não participar do Grande Prêmio da Austrália, a primeira prova do Mundial de Fórmula 1 que seria realizada em 15 de março, uma medida que acabou precipitando o cancelamento do GP.

Mais tarde, duas corridas que ainda estavam no calendário (Bahrein e Vietnã) foram adiadas para uma data posterior, enquanto os grandes prêmios programados para maio (Holanda, Espanha e Mônaco) estão suspensos, já que a Fórmula 1 não prevê nenhum treinos antes do final de maio.

jdg/kau/mcd/aam

PIRELLI & C. SPA