Esportes

‘Me conformei com o rendimento, mas não com o resultado’, diz Gareca no Peru

O técnico da seleção peruana, Ricardo Gareca, afirmou, em entrevista coletiva após a estreia de sua equipe na Copa América, que não gostou do empate por 0 a 0 com a Venezuela, em partida válida pelo Grupo A, na tarde deste sábado na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

“Me conformei com o rendimento, mas não com o resultado”, afirmou o treinador argentino. Gareca considerou que sua equipe mereceu vencer, por conta do maior número de chances de gol, embora tenha reconhecido que a partida foi das mais disputadas. “Sempre temos esse tipo de jogo contra a Venezuela”, ressaltou ele.

Para o ex-comandante do Palmeiras, sua equipe foi muito bem no trabalho de recuperação de bolas que geraram rápidos contra-ataques e boas situações de gol, mas ele também fez elogios ao adversário deste sábado. “É um rival muito perigoso, com jogadores muito rápidos, que vem melhorando com um importante trabalho de Rafael Dudamel”, apontou Gareca.

Diferentemente do treinador adversário, além do bom rendimento de sua equipe, Dudamel comemorou também o resultado do jogo de estreia, especialmente após a expulsão do lateral Mago, ocorrida no segundo tempo. “Fiquei feliz em ver como lutamos por cada bola, em cada momento. Soubemos levar os minutos finais com um homem a menos, jogando com inteligência e determinação”, destacou o ex-goleiro.

Por fim, Dudamel projetou o compromisso contra o Brasil, na próxima terça-feira, em Salvador. “Temos de jogar com respeito, admiração e segurança, mas sem nenhum tipo de complexo de inferioridade”, disse, para em seguida elogiar a equipe de Tite: “Enfrentar o Brasil é enfrentar uma das melhores equipes do mundo. Desfrutaremos, competiremos e aprenderemos muito. Fisicamente é um time fortíssimo. Este Brasil modernizado realiza um jogo admirável”.