ISTOÉ Gente

MC Gui é condenado pela Justiça a pagar R$ 12 mil a motorista de aplicativo

Crédito: Reprodução/Instagram

MC Gui é condenado pela Justiça a pagar R$ 12 mil a motorista de app (Crédito: Reprodução/Instagram)

MC Gui se deu mal. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o funkeiro, que é processado por um motorista de aplicativo por danos morais, foi condenado pela Justiça de São Paulo a pagar R$ 12 mil como multa indenizatória.

A juíza do caso, Luciana Antoni Pagado, entendeu que o conteúdo das publicações de Gui, que acusam o motorista de roubo, feriram diretamente a honra e a personalidade do profissional. A ação foi julgada como parcialmente procedente, condenando o MC a pagar R$ 12 mil de danos morais.


Alef Santos, motorista da Uber, pedia indenização de R$ 500 mil após ser acusado publicamente, em 2020, de roubar as malas de Gui que continham objetos para doação.

Ainda de acordo com o veículo, o artista alegou que sua intenção ao expor o motorista foi a de recuperar as malas, já que ele não realizou a entrega para o cantor e sumiu com os objetos.

Já Alef afirma que esperou por 10 minutos no local de entrega, mas ninguém foi atende-lo.

“Da situação narrada nitidamente se extrai que configurou mais do que mero transtorno ou aborrecimento cotidiano, atingindo a honra e a personalidade do ofendido, razão pela qual caracterizado dano moral indenizável”, apontou a juíza.