Esportes

Max Verstappen vence GP da Emilia-Romagna de ponta a ponta

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, venceu neste domingo o Grande Prêmio da Emilia-Romagna, a quarta corrida da temporada da Fórmula 1, disputada no circuito Enzo e Dino Ferrari, em Imola.

Verstappen largou na pole position e venceu a corrida de ponta a ponta. Seu principal rival e líder do Mundial de pilotos, o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), rodou a poucas voltas do fim e terminou em sexto, muito longe do pódio, completado pelo mexicano Sergio Pérez (Red Bull) e pelo britânico Lando Norris (McLaren).


Apesar de contar com o apoio do público, Leclerc não conseguiu ameaçar a vitória do holandês da Red Bull.

O monegasco fez uma largada ruim, caindo para a quarta posição. Na volta 54, quando estava em terceiro, errou em uma tomada de curva e acabou rodando. Com avarias no carro, foi para os boxes e voltou para a pista em nono.

Esta foi a segunda vitória na temporada de Verstappen, que em Imola teve um fim de semana perfeito, com pole position na sexta, primeiro lugar na corrida sprint no sábado e vitória na corrida regular com direito ao ponto extra por ter feito a volta mais rápida.

Por outro lado, a Ferrari teve um GP para esquecer. Além do mau resultado de Leclerc, o espanhol Carlos Sainz se envolveu em um acidente com o australiano Daniel Ricciardo (McLaren) e ficou fora da corrida logo na primeira volta.

Apesar disso, o monegasco continua na liderança no Mundial de pilotos e a escuderia segue na frente no campeonato de construtores.

Quem também abandonou a corrida foi o bicampeão mundial Fernando Alonso (Alpine), após outro acidente com o alemão Mick Schumacher (Haas).

O britânico George Russell, que largou em 11º, deu ânimo à Mercedes ao chegar na quarta posição, resultado que serve para esconder a discreta atuação do heptacampeão Lewis Hamilton, que foi apenas o 13º.

hdy/fbx/dam/iga/cb





Tópicos

auto F1 ITA Mundial