Esportes

Mauro diz que cartolas ‘manipulam’ pandemia para tirar vantagens: ‘Não tem mocinho na história’

Comentarista esportivo disse que CBF deveria aprimorar protocolo de segurança que na opinião dele não é perfeito

Mauro diz que cartolas ‘manipulam’ pandemia para tirar vantagens: ‘Não tem mocinho na história’

O jornalista da “ESPN” Mauro Cezar Pereira afirmou em podcast do “Uol” que a CBF deveria rever o protocolo de segurança contra a COVID-19, que não vem se mostrando totalmente efetivo, tendo em visto que boa parte dos elencos do Brasileirão sofreram com casos de contaminação. O último deles, o Flamengo, chegou a gerar um conflito jurídico no domingo.

– O protocolo da CBF não é essa perfeição toda, isso é evidente. Eu acho que a CBF deveria ter a humildade de procurar aprimorá-lo e não ficar sentando nesse trono achando que é a dona da razão, que é perfeito. O Palmeiras foi contraditório e o Flamengo também, claro, porque os caras queriam porque queriam voltar a jogar, querem torcida no estádio, e de repente, vêm com essa conversa de ‘não, pela saúde’ – disse.

Mauro ainda disse que cartolas brasileiros estão utilizando o caos causado pela pandemia para ‘manipular’ o campeonato e tirar vantagem.

– O vírus, na verdade, virou uma mera ferramenta para a cartolagem manipular ao seu bel-prazer, pensando em vantagem esportiva ou evitar dar a vantagem ao adversário, nada além disso. Não tem mocinho na história – afirmou.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar