Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Com um gol de Maurício, aos 41 minutos do segundo tempo, o Internacional venceu o Caxias, por 1 a 0, neste sábado à tarde, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, pela sexta rodada. Após três jogos de jejum, o time colorado voltou a comemorar um triunfo no Campeonato Gaúcho.

Agora o Internacional soma 11 pontos, na vice-liderança, dois a menos do que o Grêmio, que domingo à noite vai receber o lanterna Juventude, que só tem dois pontos. O Caxias segue com oito, em quarto lugar.

A expectativa é de que o Inter melhore seu rendimento na volta ao Beira-Rio, que vai acontecer na próxima quarta-feira, às 21h30, diante do Brasil de Pelotas.

O técnico Cacique Medina armou o Internacional com três zagueiros e mudou algumas peças na esperança de que o time pudesse jogar melhor. Mas encontrou um adversário bem armado pelo técnico Rogério Zimmermann, que ousou começar o jogo de igual para igual.

O calor atrapalhou no primeiro tempo e Medina se arriscou a usar seus jogadores em funções diferentes, para tentar achar a melhor fórmula de jogo. No intervalo ele colocou Maurício no lugar de Edenilson, que deixou o campo sentindo uma pancada forte recebida na perna direita.

O Inter conseguiu ter maior presença no segundo tempo e criou algumas chances para marcar. O goleiro do Caxias, André Lucas, fez boas defesas. A esperada entrada do meia D’Alessandro aconteceu aos 26 minutos com a saída de Bruno Méndez. Os lançamentos do meia argentino passaram a ser uma opção a mais para dar velocidade ao ataque.

Mas o gol saiu somente aos 41 minutos, em um chute forte de Maurício, que bateu de frente para o gol após o zagueiro Victor Cuesta fazer o trabalho de pivô e rolar a bola para trás. Fim de sofrimento, olhar de alívio de Medina.