Economia

Massa de salários em circulação na economia cai R$ 15,205 bi em um ano


A massa de salários em circulação na economia encolheu R$ 15,205 bilhões no período de um ano, para R$ 212,514 bilhões, uma queda de 6,7% no trimestre encerrado em março em relação ao mesmo período de 2020. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com o trimestre terminado em dezembro, a massa de renda real caiu 1,5%, com R$ 3,159 bilhões a menos.

O rendimento médio dos trabalhadores ocupados teve queda de 0,9% na comparação com o trimestre até dezembro, R$ 22 a menos.

Em relação ao trimestre encerrado em março do ano passado, a renda média subiu 0,8%, R$ 20 a mais, para R$ 2.544.

Veja também
+ Corpo de jovem desaparecido é encontrado em caçamba de lixo
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Vídeo: família é flagrada colocando cabelo na comida para não pagar a conta
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Theo Becker comemora saída de Sônia Abrão da RedeTV!
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio