Esportes

Marta vira maior artilheira da história das Copas do Mundo

SÃO PAULO, 18 JUN (ANSA) – Autora do único gol da vitória do Brasil sobre a Itália, a atacante Marta ultrapassou o alemão Miroslav Klose e se tornou nesta terça-feira (18) a maior artilheira da história das Copas do Mundo.   

Com o pênalti convertido diante da Azzurra, a camisa 10 da seleção brasileira anotou seu 17º gol em Mundiais, superando Klose, que fez 16.   

Marta estava realizando uma partida discreta contra as italianas, até o pênalti sofrido por Debinha, aos 28 minutos do segundo tempo. A jogadora do Orlando Pride, dos Estados Unidos, cobrou com categoria e não deu chances de defesa para a goleira Laura Giuliani.   

“É da gente, gente. Não é meu. Esse recorde é nosso, é de todas nós mulheres que lutamos constantemente por melhorias em todos os setores. Eu divido com todas vocês que lutam e batalham, e ainda têm que provar que são capazes de desempenhar qualquer tipo de atividade”, declarou Marta.   

Antes de se tornar a maior artilheira da história da competição, a camisa 10 do Brasil também já havia quebrado um outro recorde neste Mundial. Ela se tornou a primeira atleta, entre homens e mulheres, a marcar um gol em cinco edições da Copa.   

Marta também recebeu elogios da técnica da Itália, Milena Bertolini. A comandante declarou que a jogadora é “um símbolo do futebol feminino mundial”.   

O Brasil terminou em terceiro na chave C e se classificou para as oitavas de finais da Copa. Na próxima fase, as brasileiras irão encarar a anfitriã França ou a bicampeã mundial Alemanha.(ANSA)