O ator Mark Ruffalo, 56 anos, abriu o jogo sobre as gravações das cenas de sexo com a colega Emma Stone para o filme ‘Pobres Criaturas’, do diretor grego Yorgos Lanthimos, e confessou ter se sentido desconfortável.

A produção apresenta muitas cenas de sexo explícito e até mesmo violento, a traz a trajetória da personagem vivida por Emma até se tornar uma prostituta em Paris. Ruffalo é  um dos homens que se envolvem com ela.

As declarações do astro de Hulk foram feitas durante bate-papo com o amigo Robert Downey Jr., como parte da série ‘Actors on Actors’ da revista Variety.

“Eu fiquei tipo, ‘Eu preciso?’ Tudo o que consigo ouvir [das pessoas por aí] é: ‘Ninguém mais quer ver sua bunda velha. Talvez você não devesse mais fazer filmes assim'”, confessou o ator.

“Quer dizer, é a parte que menos gosto, mas também vi isso como uma extensão da comédia física que já estávamos encontrando. Então foi apenas outra maneira de contar a história”, ponderou ele, que revelou ter usado próteses para poder apresentar pernas torneadas e dar mais segurança ao mostrar o bumbum.

“Você sabia, que eu estava com uma almofada de bunda? Minhas pernas ficaram uns dez centímetros maiores. Minha panturrilha estava com dez centímetros. Eu estava usando um espartilho com ombreiras, então fiquei muito apertado. Foi ainda mais extremo. Ele (o diretor) queria que eu parecesse um pássaro, então eu construí todo esse peitoral que não funcionou porque era demais. Mas, as almofadas grandes para a bunda, as almofadas para as pernas, as almofadas para as coxas, as almofadas para as panturrilhas, tudo isso foi pra tela”, detalhou.

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

O filme está previsto para 1º de fevereiro, mas já teve sua estreia no Festival de Veneza, quando pessoas abandonaram a sessão por causa das cenas fortes de sexo. 


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias