Brasil

Márcio França diz que Bolsonaro e Doria devem governar também com quem perdeu


Faltando dez dias para deixar o cargo, o governador de São Paulo, Márcio França (PSB), disse desejar que o futuro presidente, Jair Bolsonaro (PSL), e o governador eleito no Estado, João Doria (PSDB), acertem em suas gestões e governem com quem perdeu.

“A eleição já acabou, quem discute com o voto é antidemocrático. E quem ganha as eleições para presidente e para governador governa com aqueles que ganharam e com aqueles que perderam, é isso que eu espero”, declarou França, após cerimônia que comemorou 10 anos do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês. Em discurso no evento, o governador falou que o País precisa de “conciliação” entre divergentes.

Nesta quinta-feira, 20, o PSB, partido de França, anunciou a criação de um bloco de oposição a Jair Bolsonaro na Câmara junto com PDT e PCdoB. O governador paulista declarou esperar que o presidente eleito “acerte” em toda a administração.

Ao falar de seu futuro, o pessebista afirmou ter um compromisso nacional com o partido. Além disso, revelou que pretende voltar a surfar e mais tarde retornar ao exercício da advocacia.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS