O Dia

Marcelo Crivella não quer responder críticas da Amaerj e do TJ

As duas instituições lançaram nota de repúdio às declarações feitas por ele quanto à atuação da juíza Mirela Erbisti para a interdição da Avenida Niemeyer

Rio – O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, não quis responder a nota de repúdio divulgada hoje pela Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj) sobre as declarações feitas por ele a respeito da juíza Mirela Erbisti, da 3ª Vara de Fazenda Pública, pelo fato dela manter fechada a Avenida Niemeyer. A afirmação de Crivella foi divulgada na coluna Informe do Dia de ontem e teve grande repercussão.

Durante um evento em Santa Cruz, na Zona Oeste, na quinta-feira passada, Crivella disse que a juíza é bonita mas não precisa praticar e, além disso, seria teimosa. Logo depois da manifestação da Amaerj, o Tribunal de Justiça do Estado também criticou as declarações do prefeito do Rio.

Cláudio de Mello Tavares afirmou que a insatisfação de um governante municipal divulgada na mídia, diante de uma decisão judicial até o presente momento mantida pela instância recursal, consiste em grave ataque à democracia.

Veja também

+ Luísa Sonza abre jogo sobre comentários machistas que recebe na internet

+ Marcos sai em defesa de Marcelinho e questiona Casagrande: ‘Que democracia é essa?’

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Simaria posa com vestido sensual e arranca suspiros

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?