Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

O humorista Marcelo Adnet recebeu uma acusação de um internauta apoiador de Bolsonaro de ter dublado o presidente no vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril deste ano. O conteúdo foi citado por Sergio Moro, ex-ministro Justiça, como uma prova de que Jair Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal.

Perplexo pela insinuação, Adnet respondeu o eleitor em seu perfil oficial no Twitter: “Isso é real ou paródia? Quer dizer, essa pergunta não faz mais sentido…”, escreveu ele no micro blog.

Confira a publicação de Marcelo Adnet  no Twitter: