Brasil

Manuela D’Ávila comemora aprovação de 30% do fundo eleitoral para mulheres

A pré-candidata à Presidência da República, Manuela D’Ávila (PCdoB), posicionou-se favoravelmente nesta quarta-feira, 23, à decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que aprovou lei obrigando partidos políticos a destinar 30% dos recursos do Fundo Eleitoral e do tempo de propaganda eleitoral gratuita na televisão e no rádio.

“Defendo as cotas para as mulheres não nas listas, mas nos cargos. Outros países que fizeram isso conseguiram resolver muito mais rapidamente o tema da sub-representação das mulheres na política”, declarou Manuela em vídeo publicado no Twitter.