Economia

Mansueto é exonerado e Bruno Funchal é nomeado para o comando do Tesouro


A exoneração de Mansueto Almeida do cargo de secretário do Tesouro Nacional foi confirmada na edição desta quarta-feira, 15, do Diário Oficial da União. A saída foi anunciada em junho deste ano. Foi nomeado para o seu lugar o economista Bruno Funchal, que ocupava até então o posto de diretor de Programas do Ministério da Economia e é ex-secretário da Fazenda do Espírito Santo.

Com isso, Funchal foi exonerado da função que vinha exercendo. Os atos de pessoal foram assinados pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto.

No começo do mês, Mansueto Almeida reafirmou que não deve haver mudanças de trajetória no comando do Tesouro. “Não haverá mudanças na política fiscal brasileira. O plano de consolidação fiscal do Brasil está na Constituição, e o Brasil não vai mudar a Constituição”, disse, em videoconferência organizada pelo Itaú BBA. A exoneração de Mansueto, segundo consta no Diário Oficial, ocorreu “a pedido”.

Veja também

+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS