Esportes

Mano nega rodízio no Palmeiras e diz que vitória evita pressão da torcida

O técnico Mano Menezes ficou aliviado após a vitória do Palmeiras sobre o Botafogo, sábado, no Pacaembu. Além dos três pontos, o resultado positivo fez com que a pressão por parte da torcida fosse menor, já que o tinha vinha de derrota por 2 a 0 para o Santos.

“Era um jogo que a gente sabia que trazia resquícios de quarta-feira, da nossa derrota. O torcedor não teria uma paciência tão grande e a gente tinha que entender isso. Tínhamos que fazer o jogo a nosso favor e conseguimos construir muitas oportunidades. Daria para fazer uns 3 ou 4 a 0 sem exageros”, comentou o treinador palmeirense.

Mano também deixou claro que tem a base de seu time definida e que não pretende fazer rodízios ou muitas mudanças de um jogo para outro. “No futebol não dá para você dar vaga garantida para ninguém. No alto nível, o rendimento é determinante para as escolhas que o técnico faz. O que não pode acontecer é toda hora, com base numa atuação não muito boa, trocar todo mundo. Quem entra, às vezes, pode não ir tão bem. O treinador dá uma sequência para a equipe, mas tudo tem critério e que vale para todos os jogadores”, explicou.

Com a vitória sobre o Botafogo, o Palmeiras completou a marca de 27 jogos invictos como mandante no Campeonato Brasileiro e, mais do que isso, chegou aos 50 pontos e reassumiu a segunda colocação, pelo menos provisoriamente. O time alviverde chegou aos 50 pontos, enquanto o Santos tem 47 e joga neste domingo, contra o Internacional. O líder Flamengo também vai a campo neste domingo e visita o Athletico-PR.