Comportamento

Manifestantes pedem legalização do aborto no Peru

Manifestantes pedem legalização do aborto no Peru

A manifestação aconteceu em frente ao Palácio da Justiça, na capital peruana - AFP


Dezenas de mulheres convocadas por grupos feministas manifestaram-se em Lima nesta terça-feira para exigir que o governo legalize o aborto no Peru, uma demanda que o novo presidente de esquerda Pedro Castillo, conservador em temas sociais, descartou durante a campanha eleitoral.

“Um Estado que não prevê o direito ao aborto é um Estado feminicida”, dizia um cartaz exibido por um grupo de jovens com os seios à mostra. Em vez de máscaras contra a Covid-19, as manifestantes usavam os lenços verdes característicos do movimento global em favor da descriminalização do aborto.

Vários coletivos tomaram as ruas, no âmbito do “Dia Internacional pela Legalização do Aborto”, um procedimento ilegal no Peru, autorizado apenas quando a vida da mãe corre risco.

Cerca de 370.000 abortos clandestinos são realizados a cada ano no Peru, segundo estimativas de coletivos da sociedade civil.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio