Geral

Manifestantes iniciam passeata em ‘defesa da Amazônia’ e contra Bolsonaro em SP

Manifestantes começaram na noite desta sexta-feira, 23, uma passeata, a partir da Avenida Paulista, em frente ao vão livre do Museu de Arte de São Paulo, em ato pela “defesa da Amazônia”, em São Paulo. Os cartazes pediam o fim das queimadas e aumento da fiscalização ambiental.

Entre os gritos de ordem, os participantes pediam a renúncia do presidente Jair Bolsonaro, chamado por eles de “o capitão da motossera”. A marcha já se desloca e deve seguir a Rua da Consolação até a sede do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na capital paulista, em Cerqueira César, zona sul. Nas páginas do Facebook, as convocações pediam para que os participassem vestissem verde ou preto e que não entoassem orientações partidárias.