Geral

Manifestantes detidos em SP durante protesto são liberados; MPL marca novo ato

Vinte e nove manifestantes que foram detidos durante o protesto do Movimento Passe Livre (MPL) nesta terça-feira, 7, foram liberados após assinarem um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por dano, desacato e lesão corporal. Com o grupo, a polícia apreendeu uma mochila com dez coquetéis molotov.

O primeiro ato no ano contra o aumento de R$ 0,10 nas tarifas do transporte público de São Paulo terminou em tumulto após manifestantes tentarem pular catracas da Estação Trianon-Masp, da Linha 2-verde do metrô, na Avenida Paulista, região central da capital.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), um major da Polícia Militar foi ferido por um estilhado de vidro.

Um novo protesto foi convocado pelo MPL para esta quinta-feira, 9, com concentração na Praça da Sé, também no centro, às 17 horas.

Veja também

+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior