Geral

Mandetta diz que alertou Bolsonaro “sistematicamente” sobre gravidade da pandemia

Mandetta diz que alertou Bolsonaro “sistematicamente” sobre gravidade da pandemia

Ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta


Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) – O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta disse em depoimento à CPI da Covid no Senado nesta terça-feira que alertou “sistematicamente” o presidente Jair Bolsonaro sobre a gravidade da pandemia de Covid-19 no Brasil e sobre as consequências de não adotar as recomendações científicas para o combate à doença.

Mandetta, que foi exonerado do cargo por Bolsonaro em abril do ano passado, disse ainda que sentia que o fato de levar informações negativas para Bolsonaro fazia com que ele fosse visto pelo presidente como um mensageiro de notícias ruins, e que entende que isso contribuiu para um aumento do distanciamento entre ambos.

Ele afirmou ainda que jamais pediria demissão do cargo, por entender que médico não abandona um paciente doente, mas ao mesmo tempo disse que não negociaria seus valores para permanecer à frente da pasta.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH430ZS-BASEIMAGE


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS