Brasil

Mandetta critica Bolsonaro e Lula por falas sobre 3ª via: ‘Estão com medo’

Crédito: Divulgação

Ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta (Crédito: Divulgação)


O ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Lula (PT) por suas declarações sobre a chamada “terceira via” para as eleições de 2022.

“Bolsonaro e Lula querem te convencer de que não existe terceira via. Eles precisam um do outro e estão com medo. Um terço dos brasileiros rejeita esse pesadelo e tem esperança em um futuro de respeito, diálogo, união e seriedade no combate à corrupção”, escreveu Mandetta no Twitter.

Na terça-feira (20), Bolsonaro descartou a possibilidade de um candidato de terceira vencer as eleições presidenciais de 2022 e garantiu que a disputa será entre ele e o ex-presidente petista.  “Não existe terceira via, não vai dar certo, não vai atrair a simpatia da população”, disse em entrevista à Rádio Itatiaia.

Também em entrevista a uma rádio, Lula afirmou que a terceira via é uma “invenção”. “A terceira via é uma invenção dos partidos que não tem candidato. Falam em polarização… O que tem de um lado é democracia e do outro é fascismo. Quem tá sem chance usa de desculpa a tal da terceira via. Seria importante que todos os partidos lançassem candidato e testassem sua força”, disse o petista em entrevista à rádio Jovem Pan de Sergipe.

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago