Geral

Mancini elogia atuação do adversário e vê Corinthians abaixo: ‘Em termos de repertório faltou muita coisa’

Técnico do Timão lamentou o gol sofrido no início do jogo que provocou mudança de estratégia, que facilitou a vitória do Red Bull Bragantino. Foco no G6 ainda permanece

O Corinthians sofreu uma dura derrota por 2 a 0 para o Red Bull Bragantino, nesta segunda-feira, pela 32ª rodada do Brasileirão-2020. Depois de vencer bem o Sport, o time voltou a oscilar e teve um tropeço na busca por se aproximar do pelotão da frente do campeonato. Apesar da boa atuação rival, Vagner Mancini admitiu que a equipe esteve abaixo na Neo Química Arena.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Saiba as 20 transações mais lucrativas da história do futebol

Em entrevista coletiva virtual após o jogo, o técnico do Timão reconheceu que o RB foi melhor desde o início e analisou como sofrer o gol logo nos primeiros minutos da partida alterou os rumos da sua estratégia. Para Mancini, adiantar a marcação, acabou facilitando o adversário e achar espaços para atacar.

– Vi no primeiro tempo o Bragantino nos surpreendendo e num destes lances perdemos a bola e tomamos o gol. Semelhante ao jogo contra o Palmeiras, mas hoje de uma maneira diferente. Sabíamos que íamos enfrentar uma equipe encaixada, com jogadores leves e rápidos. A estratégia era neutralizar algumas peças e tentar na velocidade – disse o treinador antes de completar:

– Faltou concentração no começo de jogo, uma leitura de jogo mais adequada. Com o gol, tivemos que marcar mais adiantados. A marcação foi muito prejudicada por ter que adiantar Jô e Cazares para fazer uma marcação mais alta e a bola entrou com mais facilidade no meio de campo.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Embora tenha reconhecido a superioridade do Bragantino, Mancini também admitiu que faltou repertório ao Corinthians para tentar reverter o placar construído no primeiro tempo. Com as alterações, segundo o treinador, pelo menos o time conseguiu equiparar a competitividade com o adversário.

– Tentamos de todas as formas na segunda etapa. Deixamos o time só um volante e com mais jogadores de velocidade. Faltou velocidade ao jogo. O que o Red Bull fez no começo desarticulou o sistema de marcação. Faltou volúpia, mas melhoramos no segundo tempo. Embora não tenha feito um bom jogo, a equipe equiparou na briga, na concentração. Foi um outro jogo no segundo tempo. Em termos de repertório, faltou muita coisa ao Corinthians. A gente está reconhecendo que a equipe não foi bem – analisou o comandante.

O Corinthians não terá muito tempo para se recuperar da derrota, nem para se preparar, já que na próxima quinta-feira o time volta a campo para enfrentar o Bahia, às 19h, em jogo atrasado da 30ª rodada do Brasileirão-2020, na Fonte Nova. Atualmente, o Corinthians está na 10ª posição na tabela, com 45 pontos.

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica