Esportes

Mancini analisa jogo do Corinthians: ‘Há uma distância entre o que foi pedido e o que está sendo feito’

Técnico do Timão não escondeu a insatisfação com a atuação da equipe após a derrota para o América-MG, por 1 a 0, na Neo Química Arena e prometeu atitudes emergenciais

Mancini analisa jogo do Corinthians: ‘Há uma distância entre o que foi pedido e o que está sendo feito’

A atuação do Corinthians na derrota por 1 a 0 para o América-MG nesta quarta-feira causou irritação nos torcedores, que estavam confiantes por uma boa apresentação do time na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Mas o que se viu foi algo bem diferente e nem mesmo o técnico Vagner Mancini escondeu a insatisfação com a postura do time dentro de campo.

Em entrevista coletiva virtual após o duelo na Neo Química Arena, o treinador não poupou críticas e mesmo sem apontar nominalmente os culpados ou jogadores que estão abaixo do esperado, avaliou que o que está sendo pedido nos treinos, não está sendo feito no gramado. Além disso, prometeu que haverá atitudes emergenciais para poder ajustar a equipe.

– Eu disse essa semana que queria um time agressivo, minha palestra hoje foi em cima de agressividade. Há uma distância entre aquilo que foi pedido e o que está sendo apresentado. Vai encaixar, não tenho dúvida, mas terão de ser feitos ajustes, e serão feitos, mesmo que venham com algum sofrimento, porque temos de tomar uma decisão emergencial – comentou.

Mesmo ligeiramente superior no primeiro tempo, o Corinthians não conseguiu traduzir isso em gols, tendo apenas uma grande chance de marcar, com Éderson, de cabeça. Sendo assim, Mancini tentou mexer no time com as cinco alterações que tinha direito. No entanto, para ele, apenas a entrada de Cantillo no lugar de Mateus Vital surtiu efeito, enquanto as outras decepcionaram.

– Analisando com calma, com exceção do Cantillo, que todas as trocas não funcionaram, então, não quer dizer que se eu tivesse trocado no intervalo funcionaria. O jogo não foi o jogo que nós esperávamos. O Corinthians teve a bola nos pés, mas não produziu o que tinha de produzir e por isso acabou não chutando a bola ao gol. Óbvio que isso me preocupa, e muito.

Na interpretação de Mancini, alguns jogadores estão sem confiança para finalizar as jogadas, especialmente aqueles que recebem a função de decidir. Novamente sem citar nomes, o treinador não escondeu a insatisfação com a atuação individual de alguns atletas e afirmou que vai buscar soluções, já que não ficará olhando passivamente o time ficar sem chutar uma bola no gol.

– Tenho incentivado os jogadores ao “um contra um”, há jogadas desenhadas para isso, e no momento que ela acontece o jogador não está confiante. Me irritei com isso, a função que nós tínhamos para mudar o ritmo, não vou citar nomes, não foi bem feita no primeiro tempo e melhorou pouco no segundo tempo. Se há um desequilíbrio na temporada, vou tentar acertar. Isso me chateou muito, o Corinthians precisa melhorar e eu vou em busca da solução, seja de uma forma agradável ou não, porque não vou ficar assistindo passivamente uma equipe que não dá um chute a gol – concluiu.

O Corinthians volta a campo no próximo sábado, às 19h, para enfrentar o Internacional, na Neo Química Arena, pela 19ª rodada do Brasileirão-2020. A partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil acontece na próxima quarta-feira, na Arena Independência, às 21h30. Caso o Timão vença por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis, se for por dois ou mais, a vaga é alvinegra. Uma nova derrota ou um empate dá a vaga para o América-MG.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel