Esportes

Manchester City vence Real Madrid de virada por 2-1 na ida das oitavas da Champions

O Manchester City se aproximou das quartas de final da Liga dos Campeões, após vencer de virada por 2 a 1 o Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu, nesta quarta-feira no jogo de ida das oitavas de final.

O meia Isco foi o autor do gol que colocou o Real em vantagem no placar aos 15 minutos do segundo tempo, mas o City foi buscar a virada com Gabriel Jesus, de cabeça aos 33, e o belga Kevin de Bruyne, convertendo pênalti aos 38.

O City precisou correr atrás do placar numa partida em que o Real Madrid terminou com 10 jogadores em campo, após a expulsão do zagueiro e capitão Sergio Ramos (86′), que ficará de fora do jogo de volta em Manchester, no dia 17 de março.

Num duelo que começou com os gritos da torcida do City contra a Uefa pela punição da equipe por desrespeito ao fair play financeiro, os dois times entraram em campo decididos a pressionar a saída de bola do adversário com muita intensidade.

A equipe inglesa foi responsável pela primeira chance de perigo na partida, dando um susto na torcida do Santiago Bernabéu logo aos 21 minutos de jogo com Gabriel Jesus, que invadiu a área do Real e chutou forte, para boa defesa do goleiro belga Thibault Courtois.

O Real Madrid respondeu à altura na meia-hora de jogo em uma cabeçada colocada do francês Karim Benzema que Ederson salvou no reflexo. No rebote, Vinicius Junior, livre na pequena área, quase alcançou.

Após o intervalo, o panorama da partida mudou, com o City tomando conta da posse de bola e mostrando mais intensidade na busca pela abertura do placar.

– Virada do City –

Mas, no momento em que o City dominava o jogo, apareceu Vinicius Junior para fazer a diferença. O habilidoso atacante revelado pelo Flamengo roubou a bola no ataque e não foi egoísta, tocando para Isco, sozinho diante de Ederson, abrir o placar com um chute colocado.

O gol agitou a torcida espanhol e animou o Real Madrid em campo, mas o City não se deu por vencido e buscou o empate em bela jogada individual de De Bruyne.

No lance, o belga invadiu a área merengue, protegeu a bola da pressão de três marcadores e encontrou um cruzamento preciso para Gabriel Jesus marcar de cabeça.

O City aproveitou o embalo e ampliou o placar em seguida, desta vez com o próprio De Bruyne, que converteu pênalti sofrido por Raheem Sterling.

A virada mexeu com o Real, que perdeu a intensidade na marcação e cometeu erros bobos na saída de bola. Num desses vacilos, Jesus roubou a bola e partiu em direção ao gol de Courtois, sendo parado com falta fora da dá área por Sergio Ramos, que recebeu o cartão vermelho direto e será um desfalque para o técnico Zinedine Zidane no jogo de volta, em Manchester.

bur-av/am