Cultura

Mallu, Padilha e Cagiano, e a nova vida fora do Brasil

Diretor de Tropa de Elite 1 e 2 e de O Mecanismo, José Padilha se mudou para os EUA em 2015. “Antes de filmar Robocop, fui vítima de uma tentativa de sequestro em minha produtora. Havia a possibilidade de terem sido alguns policiais militares que haviam perdido uma disputa judicial relativa ao Tropa de Elite. Passei a ter que andar com seguranças o tempo todo. Enfim, não valia mais a pena morar no Rio.” Vivendo em Los Angeles, Padilha investe em sua carreira internacional. “Não estou pensando em voltar no momento, mas amo o Brasil.”

Em Portugal desde 2017, o escritor Ronaldo Cagiano conta que saiu do Brasil por dois motivos: tinha se aposentado e, o mais grave: ele e a mulher, que já tinham sofrido dois assaltos a mão armada em São Paulo, foram vítimas de um sequestro relâmpago. “Depois desse episódio, viajamos de férias para os EUA, onde passamos uns dias de uma viagem já marcada há tempos, refletimos sobre essa situação trágica e resolvemos ir embora do País.”

Morando também em Portugal, há cerca de 5 anos, a cantora e compositora Mallu Magalhães quis experimentar novos desafios, ter a experiência de morar em um continente diferente. Ela vive em Lisboa com o marido, o cantor e compositor Marcelo Camelo, e a filha Luisa. Mas, de tempos em temos, está por aqui. “Consegui fazer daqui um porto de descanso e também de trabalho, tanto aqui quanto nos outros países da Europa.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.