Geral

Major da PM confessa que assassinou o marido, ex-cabo do Bope, a tiro

Crédito: Reprodução

No dia 28 de fevereiro deste ano, a major da Polícia Militar Fabiana Pereira Ribeiro, de 42 anos, acionou os agentes do 17° Batalhão da Polícia Militar (Ilha do Governador) e informou que o marido, Luiz Alberto Muniz do Cabo, 48, havia cometido suicídio. Após o exame de necropsia e perícia na residência do casal, na rua Gregório de Matos Morais, no bairro Jardim Guanabara (RJ), a mulher confessou a autoria do crime e afirmou que sofria violências sexuais e psicológicas. As informações são do O Globo.

Segundo o seu depoimento, ela atingiu o marido, que era ex-cabo do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), com um tiro na têmpora direita (região da cabeça entre o olho e a orelha).

Quando chegaram à residência, os policiais militares encontraram Luiz deitado na cama e abraçado a quatro travesseiros.

Os agentes estranharam a posição do cadáver e registraram o caso como um fato atípico na 37ª Delegacia de Polícia (DP), da Ilha do Governador.

Na sexta-feira (4), Fabiana foi ouvida novamente e confessou o crime.

O delegado Marcus Henrique de Oliveira informou que o inquérito segue sob sigilo. Também ressaltou que outras testemunhas serão ouvidas para esclarecer a motivação do assassinato.

A Secretaria de Estado de Polícia Militar informou, por meio de nota, que a Secretaria de Estado de Polícia Civil e a Correcional da corporação “acompanham os trâmites e colabora no que for necessário”.