Farol ISTOÉ

Mais ônibus, menos aviões

Mais ônibus, menos aviões

Os aviões perderam espaço para os ônibus neste ano. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati), o número de passageiros nas rotas interestaduais cresceu 15% no primeiro semestre, enquanto as viagens de avião aumentaram cerca de 3%. No mês de julho, o aumento nas viagens rodoviárias foi de 7% em relação ao mesmo período do ano passado. Os ônibus ganharam mais de dois milhões de novos passageiros e julho. Isso significa um acréscimo de cerca de 2 milhões de novos passageiros para o modal. Para a conselheira da Abrati, Letícia Pineschi, dois fatores explicam esse crescimento: a quebra da Avianca, que eliminou algumas rotas aéreas, e o encarecimento das passagens, especialmente da ponte aérea. Desde 2010, quando, pela primeira vez, o número de pessoas transportadas por avião superou as que usaram ônibus no país, a procura pelo transporte rodoviário vinha caindo.