Economia

Maioria dos dirigentes do Fed defendeu altas de 50 pb no próximo par de reuniões

A maioria dos dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) defendeu que aumentos de 50 pontos-base (pb) provavelmente serão apropriados “no próximo par reuniões” nos Estados Unidos, segundo mostra a ata da última reunião de política monetária da instituição, divulgada no período da tarde desta quarta-feira, 25.

De acordo com o documento, na reunião ocorrida nos dias 3 e 4 de maio, todos os dirigentes reafirmaram o seu forte empenho e determinação em tomar as medidas necessárias para restabelecer a estabilidade de preços.


Nesse contexto, por unanimidade, os dirigentes concordaram que era apropriado aumentar os Fed Funds em 50 pontos-base.

“Para tanto, os dirigentes concordaram que o Comitê deveria mudar rapidamente a postura da política monetária para uma postura neutra”, diz o texto.