Economia

Maioria dos dirigentes do Fed agora espera alta de juros em 2023


A maioria dos dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) espera pelo menos uma alta de juros em 2023, de acordo com o gráfico de pontos divulgado nesta quarta-feira pela instituição. Apenas 5 projetam que a taxa dos Fed funds permanecerá na faixa atual de 0% a 0,25% até 2023. Na última divulgação, este número havia sido de 11.

Agora, dois projetam o juro entre 0,25% e 0,5% no período, enquanto três dizem que os Fed funds subirão para o nível entre 0,5% e 0,75%, três esperam que a taxa fique entre 0,75% e 1,0%, outros três preveem elevação para o intervalo entre 1,0% e 1,25% e, por fim, dois esperam a taxa entre 1,5% e 1,75% em 2023.

Para 2022, 11 dirigentes veem os juros na faixa atual, cinco projetam a taxa na faixa entre 0,25% e 0,5%, e dois entre 0,50% e 0,75%. No longo prazo, oito dirigentes esperam que os juros fiquem em 2,50%; quatro em 2,25%; dois em 3,0%; um em 2,75%; um entre 2,25% e 2,50% e um em 2,0%.

A mediana das projeções para os juros ficou em 0,1% entre 2021 e 2022, e 0,6% em 2023. No longo prazo, a mediana das projeções permaneceu em 2,5%.

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago