Cultura

Maior diamante negro lapidado do mundo é exibido em Dubai

Maior diamante negro lapidado do mundo é exibido em Dubai

Enigma, o diamante negro lapidado de 555,55 quilates, que esteve em exibição em 17 de janeiro de 2022 em Dubai - AFP

O maior diamante negro lapidado do mundo foi colocado em exibição pública pela primeira vez em Dubai nesta segunda-feira(17), antes de seu próximo leilão, que deve alcançar um preço de US$ 5 milhões.

Especula-se que o “Enigma”, como o raro diamante de carbono foi apelidado, foi formado por um impacto de meteorito há mais de 2,6 bilhões de anos, de acordo com a especialista em joias da casa de leilões Sotheby’s, Sophie Stevens.


Uma das pedras mais difíceis de lapidar devido à sua resistência (é composta por inúmeros pequenos diamantes, grafite e carbono), este diamante de 555,55 quilates e 55 faces não foi mostrado por seu proprietário anônimo nos últimos 20 anos.

Seu formato foi inspirado no símbolo de poder e proteção do Oriente Médio, o Jamsa, em forma de mão, também ligado ao número cinco.

“É muito diferente!”, disse Stevens sobre essa joia, registrada no livro Guinness como o maior diamante lapidado do mundo.

Depois de ser exibido em Dubai, o “Enigma” viajará para Los Angeles e Londres, para ser leiloado online por sete dias a partir de 3 de fevereiro.

O que a Sotheby’s chama de “maravilha cósmica” pode acabar nas mãos de um trader de bitcoin.

“Aceitamos pagamento em criptomoeda por este diamante, assim como aceitamos outras pedras importantes”, disse Stevens.

No ano passado, o diamante “Key 10138” foi vendido em Hong Kong pelo equivalente a 12,3 milhões de dólares em criptomoeda.