Brasil

Maia: Mandetta poderia estar ajudando muito mais

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou nesta segunda-feira, 1º, a decisão da Comissão Ética Pública da Presidência da República que impôs ao ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta um período de quarentena remunerada de seis meses. Para Maia, a deliberação foi “exagerada”.

“Mandetta poderia estar ajudando muito mais, não tem nenhuma informação confidencial que ele tenha. Mandetta não está olhando 2022, vejo que ele está preocupado em ajudar”, disse Maia em entrevista ao jornalista Tales Faria, do UOL.

“Hoje eu acho que ele gostaria de estar podendo ajudar muito mais do que está ajudando em razão dessa restrição. Foi exagerada e desnecessária. Me pareceu uma decisão errada”, completou o parlamentar sobre Mandetta, que também é do DEM.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Fotos íntimas de apresentadora italiana são vazadas em aplicativos de mensagens no Brasil
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior