Economia

Maia: Estado brasileiro precisa colocar mais recursos, mas olhando teto de gastos

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta terça-feira (23) que o Estado brasileiro dedique mais verba ao enfrentamento da crise socioeconômica provocada pela pandemia do novo coronavírus. Ele acrescentou, porém, que não se pode “perder de vista” o teto de gastos, mecanismo que limita o crescimento dos gastos públicos federais à taxa de inflação do ano anterior.

Ainda assim, o parlamentar ressaltou, em videoconferência promovida pela Câmara de Comércio França-Brasil, que os agentes públicos têm de “acertar” com os programas que forem formulados como parte de uma agenda para o País no período pós-pandemia, “mesmo que isso aumente a dívida pública”.

Na visão de Maia, o Brasil tem de ser “menos fiscalista” e propor um sistema de recuperação da economia, atingida em cheio pela covid-19.

Quanto à pauta da Câmara, ele reforçou que espera retomar a tramitação da reforma tributária na semana que vem. Comentou, também, que há, na sua avaliação, “problemas graves” na educação brasileira e, por isso, é necessário “recompor” o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Em vários momentos da transmissão ao vivo, Maia ressaltou a urgência de se resolver gargalos no acesso a crédito empresarial. “Os bancos precisam emprestar com aval do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)”, disse o parlamentar.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel